Hoje vamos falar sobre os benefícios da massagem para os bebês.

Uma das formas de aproximação, criação do vínculo mums-bebês e criação de laços afetivos é através do contato olho no olho, a voz e principalmente o toque.

Eu fiz essa aproximação através da Shantala, uma massagem indiana derivada da técnica Ayurvédica, indicada para ser feita em bebês. 

Essa prática foi popularizada pelo obstetra francês Frédérick Leboyer quando, em uma viagem ao sul da Índia, viu uma mãe acariciando seu filho de forma amorosa e acolhedora. A mulher se chamava Shantala e a maneira dócil e cuidadosa como tocava a criança passou a ser estudada por Leboyer e ficou conhecida mundialmente.

Para conhecer o vídeo usado por Leboyer para estudar e entender a Shantala clique aqui!

A massagem tem inúmeros benefícios:

1- Alivia as cólicas:

Pela imaturidade do aparelho digestivo é muito comum os bebês sentirem cólicas. A Shantala pode contribuir para aliviar o desconforto, pois os movimentos ajudam a relaxar a musculatura abdominal, diminuindo assim as dores, gases e prisão de ventre. Não é indicado fazer a massagem no momento da crise, pois mãe e filho precisam estar tranquilos.

2- Melhora o sistema imunológico:

A massagem propicia desenvolvimento das células de defesa do organismo do bebê. Uma pesquisa da Escola de Medicina da Universidade de Miami mostrou que as crianças que receberam a massagem possuíam melhorias no sistema linfático e adoeciam menos, por possuírem organismos mais equilibrados.

3- Proporciona consciência corporal:

Os movimentos da Shantala proporcionam constante contato da mãe com o filho,  fazendo com que ele sinta o toque materno e adquira consciência corporal.

4- Auxilia no desenvolvimento de bebês prematuros:

O toque sutil promove o ganho de peso em bebês prematuros e estabilidade da temperatura corporal, mas é importante ressaltar que a Shantala só é indicada a partir do 1º mês de vida. Por isso, esse tipo de recomendação só pode ser feita por um profissional.

5- Auxilia para a hora de dormir:

Acabar o banho e fazer a massagem faz com que o bebê relaxe o corpo e com isso tenha uma noite tranquila de sono.

6- Transmite segurança para o bebê:

A mãe deve indicar ao bebê que irá fazer a massagem, esfregar o óleo nas mãos mostrando ao bebê e deve tocar a parte que será massageada e perceber a reação do bebê – pode ser que ele não fique a vontade naquele momento, então não é adequado insistir, deve-ser aguardar o momento que os dois (mum e bebê) estejam relaxados e conectados para assim criar o vínculo de confiança.

Existem profissionais que podem fazer a massagem nos bebês e existem cursos para as mães aprenderem as técnicas e colocarem em prática.

Aqui em Londres eu fiz o curso, oferecido gratuitamente pelo governo, e hoje em dia faço, praticamente todos os dias, a Shantala na Laura.

É importante ressaltar que a Shantala, ou qualquer outro tipo de massagem, mexe com todo o pequeno corpo do bebê, colocando pressão em alguns pontos. Por isso é importante conhecer os movimentos para não machucar os pequenos. Então, se as mães não sabem fazer a massagem, façam um curso antes ou chamem um profissional para compreender e entender os movimentos adequados a serem utilizados na massagem.

Busque conhecer e aprender essa linda massagem, desejo-lhe que você possa melhorar o sono e saúde de seus filhos e fortalecer ainda mais este vínculo de amor entre mãe e filho.

 

Anúncios