Por que Montessori?

Publicado por

Se você tem filhos pequenos ou em idade escolar, provavelmente já ouviu falar em Maria Montessori ou no método Montessori, mas o que é isso?  Qual a diferença entre o método tradicional de ensino? Será que funciona mesmo ou é modismo?  Esse artigo é uma tentativa de esclarecer algumas dessas dúvidas, mas antes de falar do método em sí, é importante falar da mulher incrível que Montessori foi.

 

Quem foi Maria Montessori? maria-montessori

Maria Montessori nasceu no Norte da  Itália em 31 de Agosto de 1870. Foi a terceira mulher a se formar em Medicina por uma universidade Italiana, fato  esse que desencadeou  muito preconceito em sua jornada como médica. Em sua especialidade – Psiquiatria, desenvolveu uma grande curiosidade em estudar crianças com retardo mental, e sem que percebesse ou soubesse, esse interesse mudaria para sempre a  sua vida e a história da Educação mundial!

Em seus estudos e experiências com as crianças com retardo mental e as ditas na época como “normais”, ela percebeu que diferentemente do que a sociedade acreditava, aquelas crianças respondiam com rapidez a estímulos sobretudo quando lhes  era dado a chance de reproduzirem atividades a quais eram familiares como trabalhos domésticos onde tinham a possibilidade de exercitar habilidades motoras.

Seu excelente trabalho de observação e pesquisa cientifica nutriram o desejo de se aprofundar mais no universo infantil, levando -a a graduar-se em pedagogia, antropologia e psicologia. Com base em suas pesquisas e estudos sobre o desenvolvimento infantil, em Janeiro de 1907, ela inaugurou a primeira “Casa dei Bambini” na maior favela de Roma, um bairro que crescera desorganizadamente ao lado de um cemitério, sem a menor condições de higiene ou saneamento básico, onde moravam em média na época 10 mil pessoas e apenas 50 crianças, devido a altíssima taxa de mortalidade infantil.  Lá, no bairro de San Lorenzo, Maria Montessori fundou uma sala onde abrigava crianças de diferentes idades, e pode enfim colocar em prática e observar a eficácia de suas ideias e projetos ambiciosos para educação.

Treze anos após a primeira Casa dei Bambini ser inaugurada, Maria Montessori foi  nomeada inspetora-geral das escolas da Itália, contudo, com a ascensão do regime fascista de Mussolini e  o triunfo momentâneo dos valores completamente opostos aos que defendia, abandonou seu país em 1934, mas não a batalha por uma educação melhor. Maria Montessori foi indicada 3 vezes ao Premio Nobel da paz. Ela morreu com 82 anos na Holanda, depois de ter viajado para os Estados Unidos, Londres, Espanha e Índia, onde especificamente teve a oportunidade de treinar 10 mil professores em seu método.

Maria Montessori foi enterrada na Holanda, pois nunca se considerou cidadã de um único país, segundo ela, somos todos cidadãos do mundo.

blocks-503109_1920

 

O que é diferente no método Montessori ?

Absolutamente tudo! Desde a parte física, a mobília; o ambiente da sala de aula; o comportamento e a função dos professores, que são chamados de guias;  os valores; a mistura de crianças de diferentes idades; o currículo; as atividades propostas… e a lista não para por ai!

montessori class

Numa sala de aula Montessori, as crianças não tem lugar marcado, em fato não há lugar para todas sentarem ao mesmo tempo, o que possibilita o rodízio entre as diversas “estações de trabalho”. As crianças se agrupam conforme querem, e uma ajuda a outra, os mais velhos ou mais familiarizados com a rotina, ajudam e orientam os mais novos.

O tom de voz  usado em ambientes fechados é amplamente ensinado; Não há gritaria! Se a professora ou aluno quer falar com alguém, ele se dirige até a pessoa e então conversam. A professora não grita, NUNCA, nem mesmo para pedir silêncio. Há códigos e diferentes abordagens para chamar a atenção para a professora. Um simples levantar de mão, ou o badalar de um sininho podem significar que a professora quer falar algo.

As estações de trabalho também são diferenciadas e propõem diferentes níveis de dificuldades, onde na maioria das vezes o aluno por si só mantem o controle do erro, não dependendo de alguém para lhe dizer que está errado, uma forte característica do método é a utilização de materiais manipuláveis para introduzir um conceito, o famoso “hands on” em Inglês.

Dentre as estações de trabalho mais conhecidas como linguagem, matemática, conhecimento de mundo, Montessori inova com as famosas e, particularmente minhas favoritas: Sensorial e Vida Prática.

Como o próprio nome sugere, na estação Sensorial, a criança encontrará varias atividades que poderá trabalhar cada um de seus sentidos. Atividades sensoriais são ótimas para acalmar um aluno que esteja mais agitado e ou desconcentrado. São atividades que envolvem as mais diversas texturas como água, areia, lixas, uma variedade de produtos com cheiros, cores diferentes com o propósito  de promover o aperfeiçoamento dos sentidos.

Já na Vida prática, o aluno será permitido a treinar e executar tarefas normais do dia a dia como versar agua com um jarro e copo de vidro, transpor grãos usando uma colher, amarrar cadarço, dar banho numa boneca, prender roupas no varal, varrer e recolher o lixo usando uma pá de lixo, cortar frutas e espremer laranjas para o próprio suco. Tudo que ele já está familiarizado por assistir os adultos fazerem em casa, mas nem sempre lhe é dada a chance de aprender e praticar tais tarefas.  Segundo a própria Montessori dizia: “Criança que trabalha, não dá trabalho!”.

 

Os 6 Pilares da Filosofia Montessori:

Ambiente preparado:  todo o ambiente precisa ser preparado tendo a criança em mente,  mobilia baixa na altura dos olhos da criança, materiais a disposição, o silêncio, a harmonia de cores e sons, iluminação e ventilação, a disposição dos materiais, a limpeza e leveza do ambiente compõem uma experiência diferenciada.

Educação para a Paz: na filosofia de Montessori, a criança deve entender o seu lugar no mundo, a coletividade, o respeito ao próximo e a natureza, o incentivo a colaboração ao invés da competição ajuda a criança a lidar naturalmente com o erro e a ter uma percepção da diversidade, levando -a a reconhecer sua potencialidade e a dos amigos. Não ha comparações, notas ou testes. Cada um tem seu tempo e sua maneira de assimilar o conhecimento.

Auto Educação: toda criança tem a curiosidade, ao longo dos anos a criança vai perdendo a vontade de explorar, Maria Montessori acredita que a curiosidade infantil está altamente ligada ao seu desejo de liberdade. Liberdade para explorar, para tentar, aprender com os erros e formar seu caráter. Liberdade leva a independência e autonomia. É o que chamamos de auto educação.

Adulto preparado: O adulto deve estar treinado e  preparado para saber interagir com a criança, deve estar ciente de seu papel não como professor, mas de facilitador, guia. Deve saber observar e não interferir no ciclo de trabalho, e acima de tudo deve respeitar a criança como ser humano.

Materiais de desenvolvimento:  Os materiais utilizados na educação Montessoriana foram cuidadosamente estudados e são frutos da observação do desenvolvimento infantil. Cada material tem um propósito, uma utilização e até mesmo a maneira de manuseio é extremamente importante. Os materiais Montessori são ricos em cores, formas, tamanhos e texturas. Estão relacionados à vivência que as crianças têm no seu dia-a-dia.

Educação como ciência: Ciência é todo o conhecimento adquirido através do estudo ou de experiências práticas conquistadas a partir da observação, registro, análise  e conclusão da “descoberta”. Montessori trata a educação como um processo cientifico, onde é dado a ao aluno a chance, tempo e a liberdade de observar, testar e tirar suas conclusões para então assimilar o aprendizado.

Não tem como não se apaixonar pela historia de vida  e o legado deixado por Maria Montessori!  Se quiser ficar por dentro de outros aspectos da filosofia Montessori, não esqueça de cadastrar seu email para saber de todas as nossas postagens em primeira mão.

markus-spiske-1055858-unsplash.jpg

 

Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.