Segurança na internet para adultos e crianças

Publicado por

Sabe quando a criança ganha um brinquedo e fica obcecada por ele, pois é acho que nós adultos também estamos passando por isso com as novas tecnologias, celular, internet e muitas vezes esquecemos de nos proteger e de ensinar nossas crianças sobre seguranca pessoal.

Infelizmente já temos provas de pessoas que usam as redes sociais para planejar assaltos, sequestros ou mesmo outros golpes, conforme o perfil que a pessoa expõe nas redes. Também o alto indíce de pedofilia ficou mais conhecido porque a nova abordagem é pela internet,  geralmente com crianças que se sentem sozinhas, rejeitadas, não tem muitos amigos e/ou sofrem bullying.

Outra questão que tem atingindo não somente a America Latina, é o tráfico de drogas, mesmo aqui na Europa adolescente tem sido recrutados pelo tráfico para fazer o papel de “mulas” os que levam o material, com ideias de que serão pago as passagens, irão ter viagens, será uma aventura, e ainda ganha um dinheiro nisso, meninos e meninas acabam sendo seduzidos a entrar em organizações criminosas.

Por nossa ingenuidade e pela falsa sensação de segurança, não percebemos ou não estamos alertas aos perigos ocultos. Usar a internet é muitas vezes como caminhar em uma bairro desconhecido, perigoso no meia da noite, ou a gente aprende a se proteger ou seremos pegos em um ou outro tipo de golpe.

Vou tentar trazer dicas bem simples e objetivas do que fazer e o que não fazer para que possamos brincar com as novas tecnologias mas sem expor e colocar em perigo nossa segurança e a segurança das crianças.

  1. Evite compartilhar seus dados: Mantenha todos os seus dados pessoais seguros, seu endereço, seus contatos, seus relacionamentos e status.
  2. Use a a configuração de privacidade, nas redes sociais, todos os links que você clicar serão registrados, mas você pode retirar a permissão dos aplicativos que você quer que tenham suas informações, alguns cookies serão necessários limpar periodicamente, mesmo que facilite os anúncios de mercado sobre os seus hábitos também facilita os hackers.
  3. Tenha certeza da segurança da conexao de internet que você tem, se está numa conexão pública não abra documentos pessoais ou use internet banking, ou aplicativos que irão expor seus dados.

Desde cedo ensine seus filhos sobre os riscos da internetEnsinar nossos filhos envolve ensinar como usar a internet, falar sobre simples coisas como virus e  também explicar que muitas vezes tem pessoas mal intencionadas. Tem links que fazem hacker dos dados pessoais, tem links que acessam a conta bancária ou cartão de crédito, e diversas situações perigosas como a exposição de videos, imagens  falas nas midias sociais (alguns casos são considerados crime como bullying virtual, ou material pornografico, plagio de materiais de pesquisa, ou falsificação de identidade para acessar sites de adultos e isso irá gerar consequências, etc.).

william-iven-19844-unsplash.jpg
Photo by William Iven on Unsplash

Cuidado com arquivos, aplicativos, spam: Ensine seus filhos que existem virus, que existem aplicativos que podem coletar dados, que pode danificar o computador, e que eles devem evitar abrir arquivos ou publicidades,  mesmo e principalmente aquelas que promentem presentes, dinheiro, ganhar iphones etc.

Use o controle parental – nos aplicativos de crianças menores tem bloqueio de sites, bloqueio de paginas com senha e existem filtros parentais que você pode usar para verificar as paginas que seu filho está visitando.

Instale Filtros de conteúdos:

  • Norton Family:programa oferece ferramentas que protegem smartphones e tablets e faz monitoramento de controle de tempo, redes sociais, entre outros;
  • K9 Web Protection: é um filtro de monitoramento que permite aos pais bloquear sites, aplicar restrições de tempo e ainda configurar buscadores, forçando a “Safe Search”;
  • MetaCert: conta com ferramentas que protegem as crianças contra pornografia online;
  • Windows Live Proteção: possibilita a criação de vários usuários em um computador e gerenciar os acessos de cada um;
  • Zuggi: é um site de busca para crianças. Conta com um visual infantil e impede o acesso a conteúdos impróprios.

Fique atento:

  1. Fiscalize as páginas que os filhos navegam, mesmo que você não esteja por perto, busque os links o historico e verifique as páginas por onde seus filhos visitaram.
  2.  JAMAIS poste fotos de seus filhos  com uniformes escolares, ou mostre de alguma forma o endereço onde vocês moram (esse é um prato cheio para sequestradores e/ou pedofilos). Evite de todas as maneiras postar fotos de crianças com biquinis, calcinhas, sem roupa. Pra vocês terem ideia, a policial federal encontrou material de pedofilia, onde as fotos de crianças pequenas eram retiradas da internet e feito edições para que parecessem em atos obscenos com adultos.
  3. Cuidado com o que você posta: lembre ao seu filho que tudo fica na internet por anos, é como um registro historico da pessoa!  Mesmo os pais tem feito postagens em demasia a respeito de filhos, e temos visto que quando os filhos se tornam adolescentes algumas postagens antigas dos pais estão sendo usadas como piadas, bullying, que envergonham o adolescente.
  4. Não deixe seu filho participar de chats e conversas online com estranhos ou outras pessoas mesmo se ele acreditar que são outras crianças ou algum adolescente da mesma idade. Nunca foi tão importante ensinar a NÃO FALAR COM ESTRANHOS. O numero de adolescentes principalmente meninas que tem sido seduzidas pela internet é muito grande, as vezes as pessoas passam um ano conversando com a adolescente até convencer ela de ir ao local de encontro, onde acontece situações de estupro muitas vezes em gangues, tráfico de meninas para exploração sexual entre outros crimes.
  5.  Se tiver computador deixe num local visível na casa e não no quarto do adolescente, Se tiverem notebooks e internet no telefone, busque orientar e mesmo nestes coloque bloqueio de links e sites para adultos etc. Seu filho precisa saber que os pais tem liberdade de usar os notebooks, tenha acesso as senhas do seu filho e  verifique os links e dados de navegação.
  6. Converse sobre os ambientes onlines que ele mais gosta e verifique se seu filho já encontrou alguma situação que não tenha gostado e porquê.
  7.  Limite os horarios da internet e veja o seu uso, é para pesquisa escolar, ou  games  e jogos em grupos. Verifique os jogos e não aceite jogos violentos. Está comprovado em pesquisas que jogos violentos inibem a area do cerebro que faz o controle das emoções, liberando mais adrenalina e cortisona que aumentam a irritabilidade, a raiva e consequentemente a agressividade.
  8.   Busque conversar e saber com quem seus filhos estão falando. Aí vale toda a criatividade, fazer o dia virtual com os pais das crianças, fazer um encontro fisico dos amigos virtuais na sua casa, fazer brincadeira de trocar de papeis, com a proposta de ver se seu amigo irá identificar quem é quem você se passa por seu filho. E depois você pode explicar sobre essa “brincadeira” que do outro lado pode ter alguém se passando por um adolescente também, só que, com intenções não boas.
  9.  BUSQUE FAZER ATIVIDADES PRAZEROZAS COM SEUS FILHOS: incentive atividades ao ar livre, atividades com amigos (físicos e não virtuais), práticas esportivas, arte, drama ou musica, algo que seu filho se desenvolva, aprendendo uma habilidade “handmade” que faça com as mãos, pode ser carpintaria, escultura, artesanato, pinturas, construção de brinquedos, jardinagem, enfim é super importante mostrarmos que podemos nos divertir fazendo outras coisas além da internet e de jogos de computadores.

Gostou do texto, achou útil? então se increva no nosso blog, envie mensagem ou comentarios sobre os temas que acha interessante e compartilhe com seus amigos para que possamos nos proteger dos perigos da internet!

Anúncios

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.