Escrevi esse texto há quase 3 anos atrás, poucos meses após ter tido a coragem de tirar o Vinicius da escola definitivamente.

Ele tinha quase 5 anos e estávamos no início da nossa jornada no homeschool, é com muita alegria e emoção que quero dividir esse texto com vocês, sei que pode parecer difícil imaginar uma vida sem escola formal, mas o mais difícil é encarar a realidade que seu filho está infeliz, sofre bullying, tendo crise de ansiedade só de pensar em escola além de ter sua auto estima ferida a cada dia letivo.

Que o meu depoimento sirva de inspiração para pais que estão pensando em romper com o sistema!

aaron-burden-236415-unsplash

Sobre Educar meu filho em casa:

Era uma vez um menino que chorava todos os dias pela manhã dizendo que não queria ir a escola, porque passava muitas horas lá e que não gostava de fazer os trabalhos sugeridos pela professora. Toda manhã era a mesma coisa…

Quando chegava em casa lá pelas 4 da tarde não tinha ânimo, alegria e disposição para fazer nada, nem mesmo as coisas que gostava… Logo era noite e hora de dormir, o choro começava logo após a pergunta: Amanhã tenho que ir a escola? Sim tinha que ir a escola todos os dias de segunda a sexta das 9 as 3:30.

Era exatamente nessa hora, a noite, antes de dormir que deixava vir a tona todo o sentimento de frustração… “Eu não quero ir para escola por que não sou bom em escrever”; “Eu nunca vou aprender a ler”; “O fulaninho disse que não sou bom em ler” ; “A Mariazinha já sabe ler o livro todo”; “Eu não sou tão legal quanto o Joaozinho”; Tudo isso me dizia entre lágrimas. E o meu coração chorava junto…

Mas essa historia tem um final feliz, o menino agora não é obrigado a ir a escola, é ensinado pela própria mãe em casa. Juntos estão descobrindo o prazer de aprender, a importância da curiosidade, estão juntos explorando mundos jamais conhecidos por nenhum dos dois, estão estreitando laços e fortalecendo sentimentos, resgatando a auto estima, construindo uma relação de fé e cumplicidade.

Esse e o meu objetivo em educá-lo em casa esse ano: Resgatar o prazer de aprender por simples prazer ou curiosidade, não por pressão, não por comparação.

Não, ele ainda não lê, e reclama um pouco (muito) para escrever, tudo bem não me importo. Ele vai começar a ler e escrever quando estiver pronto para isso.

Não importa se com 5 ou 8 anos. A hora dele vai chegar. Por hora quero que seja criança. Sem pressões externas, pois isso ele vai ter ao longo de toda sua vida adulta. Agora é hora de ser criança.

E as manhãs aqui em casa? Ah essas se tornaram muito prazeirosas… Ao invés de choro por ir a escola, agora todos os dias às 6 da manha (sim, continua acordando super cedo) sou acordada com uma pergunta do tipo: Como é que avião voa? Por que o barco não afunda? Como as arvores são importantes para o ar que respiramos se não respiramos árvore? Por que algumas crianças não tem pais? Hoje vamos estudar ciências? Como é feito o arco iris?

Isso não tem preço! Temos dias difíceis em que parece que não estar rendendo? Sim temos, quem não os tem?

O importante é saber que o prazer de aprender esta sendo resgatado, dia após dia…

Três anos se passaram desde que escrevi o texto acima e o orgulho e a sensação que estamos no caminho certo e notável na nossa família. Olho para trás e vejo o quanto amadurecemos, ele e eu, tanto quanto educadora, mãe, amiga e ele  já lê muito bem em inglês, está aprendendo a ler em português, mas acima de tudo, tenho orgulho no ser humano que ele está se tornando: sempre preocupado com o próximo, inconformado com injustiça e com um senso de respeito incrível! Claro que temos momentos de crises e dúvidas, ninguém é perfeito, mas eu procuro sempre lembrar de como começamos e onde estamos hoje!

Amo Homeschooling, amo ter tido a coragem de encarar uma vida alternativa fora da escola. Espero que se você que leu esse texto, e tem o desejo de se tornar protagonista na educação do seu filho ardendo no seu coração, entre em contato comigo, vamos conversar sobre o assunto, será um prazer contribuir e esclarecer suas duvidas.

Para outros textos sobre educação domiciliar (homeschooling) clique aqui.