kat-j-525336-unsplash

Ta aí um assunto que eu desejaria nunca ter de abordar com meu filho, mas basta assistir a qualquer noticiário do Brasil ou do Mundo para constatar que infelizmente a pedofilia parece fazer parte do mundo moderno em que vivemos.

Não dá para não falar sobre isso com nossos pequenos. Ignorar ou não falar pode custar muito caro e trazer marcas irreversíveis para nossos filhos.

A sociedade em que vivemos esta tão doente que é preciso falar sobre abuso sexual o quanto antes, sem tabus, sem desconforto e de forma clara e correta.

Aqui em casa começamos quando Vinicius tinha 5 anos, começamos explicando a ele sobre as partes intimas, o que são, onde estão e como devemos protege las. Explicamos desde “pequenas brincadeiras” que deveriam ser evitadas e que nenhum amigo, adulto ou criança, ou até mesmo membro da família deveriam tocar lhe as partes intimas sem o seu consentimento.

Quando educação sexual é um assunto normal em casa, faz com que a conscientização da pedofilia também seja. A criança precisa saber que nem todo adulto pode e quer oferecer segurança e proteção. Mas que ao contrário, alguns adultos querem se a aproveitar da vulnerabilidade e da inocência dela , por isso e de extrema importância equipar a criança com informações de como identificar uma possível situação de abuso ou ainda identificar um possível abusador, seja ele quem for. E o mais importante: O que fazer em situações de risco.

E fundamental que a criança saiba que a maioria dos pedófilos infelizmente são pessoas que parecem ser muito legais, dão doces e presentes, e em alguns casos são conhecidos ou amigos da família. Infelizmente não dá para descartar ninguém.

O papel dos pais também e fundamental, pois tem que haver cumplicidade, é preciso acreditar no que a criança diz, por mais absurdo que pareça, vale a pena investigar. A criança deve se sentir segura para contar qualquer situação a seus responsáveis, sem medo de represálias ou de castigo, mas se após a criança contar aos pais ela desconfiar que não tem crédito, ou ainda que os pais não derem importância ao seu relato, pode ficar ainda mais vulnerável a um abuso e sem saber a quem recorrer. O resultado final pode ser desastroso.

Deixo aqui 3 videos que promovem conscientização sobre a pedofilia e situações de risco, eu sugiro que voce assista juntamente com seu filho e promova um ambiente agradável para discussão. Eu nao assisti os três de uma so vez com ele, lembre se que e um assunto pesado e de carga emocional muito grande.

Minha sugestão é assistir um de cada vez, sempre promovendo uma discussão sobre o que acabaram de assistir, observe as impressões que seu filho teve do video, escute com atenção suas ideias e colocações. Pergunte de forma sutil e natural se alguma vez ele já se sentiu desconfortável perto de alguém e o por quê desse sentimento.

Sempre termine o debate com um abraço e afirmando que sempre estará ao lado dele e que sempre acreditará nele, por isso não pode haver segredos entre vocês. Faça o sentir seguro e confortável para lhe contar qualquer coisa.

https://www.youtube.com/watch?v=0mTpFWuyk6g esse é um vídeo onde crianças ensinam outras crianças sobre o que sao as partes íntimas e como se comportar nas brincadeiras e possíveis situações de risco.

https://www.youtube.com/watch?v=sEpqTs7syOcesse video traz uma linguagem muito simples onde ate mesmo as crianças mais novas conseguiram entender. Também traz uma visão religiosa muito interessante partindo da criação do mundo até ser atingido pelo “Mal”

https://www.youtube.com/watch?v=VEI-fotjpYgesse vídeo traz exemplos reais de situações de abuso que podem acontecer com qualquer criança e também traz sugestões de como sair delas e procurar ajuda.

Sonho com um mundo onde todos os adultos se preocupem apenas em proteger e instruir crianças, mas enquanto isso não acontece, informe seu filho sobre como agir em situações de risco. Afinal informação é a arma mais poderosa contra a pedofilia!

Saiba Como identificar quando uma criança ou adolescente está sofrendo violência.

Se você tem outros materiais de informação e conscientização sobre pedofilia, abuso sexual infantil deixe as sugestões aqui nos comentários. Quanto mais informação, melhor!

Photo by Kat J on Unsplash