Tradições Gregas na escolha do nome do bebê.

A Grécia tem mil e uma tradições ainda ativas. Num outro post já comentei sobre o Dia do Nome, quando você celebra um quase aniversário por conta do seu nome ser em homenagem a um Santo no calendário da Igreja Ortodoxa Grega. Mas como são os nomes e como escolhem os nomes das crianças?

Este é um assunto que causa um extenso debate, principalmente se um dos pais não for grego, como eu. A grande maioria dos nomes tem origem religiosa, e poucas pessoas têm o nome vindo da mitologia ou Grécia antiga. Vamos lá:

1. A letra S é usada no final dos nomes masculinos, nunca nos femininos. Tipo, Christos, Panagiotis, Konstantinos, sempre S no final do nome e do sobrenome. No caso das mulheres, os sobrenomes sofrem alteração no final, Papadópulos para homens, Papadopúlo para mulheres. Savídis para homens e Savídu para mulheres, e assim por diante…

greece-2753596_1280.jpg

2. Na Certidão de Casamento tem um item no final onde fica registrado o sobrenome que os filhos deste casamento terão. Mais de 90% das crianças não carregam o sobrenome da mãe. Eles acham desnecessário ter o nome extenso, como é o caso de muitos brasileiros, como eu, que tenho 2 nomes e 2 sobrenomes. Então, prevalece o sobrenome do pai.

3. Antigamente, ao casar, o nome da noiva mudava automaticamente para o nome da família do marido, eliminando o sobrenome de solteira, não adicionando como no Brasil. Atualmente, a lei foi alterada e os nomes não mudam mais, cada um continua com mesmo nome que sempre tiveram. Por esse motivo, eu não tenho o chamado sobrenome de casada, continua o mesmo de solteira.

4. E o que causa maior debate: se o seu primeiro filho for menino, pela tradição, ele deverá ter o mesmo nome do avô paterno, e se for menina, o da avó paterna. O segundo filho pode ter os nomes dos avós maternos, ou outro que os pais queiram.

Não é colocar “Neto” no final. É o mesmo nome mesmo. Nome e sobrenome. E se seu marido tiver outros irmãos homens, os filhos destes terão também o mesmo nome, o do avô ou avó. Portanto, muitas primos e primas tem o mesmo nome.

Para nós, brasileiros, isso é muito estranho. E não acaba aí. Como os nomes são muito repetidos, os documentos são escritos como nos tempos bíblicos: meu marido é Christos, meu filho é Panagiotis, então o nome do meu filho, no RG será Panagiotis do Christos + o sobrenome. Quando tirei proficiência em inglês aqui, meu diploma ficou como Ana Carolina do Pedro Carlos Gebin de Carvalho (sendo que Gebin é o sobrenome da minha mãe).

A árvore genealógica fica assim: um casal, Iannis e Maria Pavlidis tem dois filho, Petros e Athiná. Os filhos de Petros serão Iannis do Petros Pavlidis e ou Maria do Petros Pavlídu. Os filhos de Athiná terão os nomes dos pais do marido dela. Os nomes dos demais filhos são livres, mas muita gente usa o nome dos avós maternos.

Inicialmente foi muito difícil para mim aceitar que eu não teria liberdade em nomear meu filho… isso não é uma lei, é uma tradição, portanto você pode colocar o nome que você quiser, mas vai causar desapontamento na família… Então, resolvi isso quando consegui permissão do governo e alterei minha Certidão de Casamento, adicionando assim o sobrenome da minha família no meu filho, que está escrito depois do sobrenome do meu marido, pois aqui o sobrenome paterno vem antes do materno, não depois como aí no Brasil. Me senti representada, e meu filho tem um sobrenome em comum com as primas brasileiras, o que considerei muito importante para concretizar sua identidade como integrante da família (além de ser brasileiro nato).

Cada país tem a sua cultura, e essa é apenas uma das facetas da cultura grega. Onde você mora, tem tradições diferentes também?

Anúncios

Autor: Ana Carolina Gebin

Mother, Citizen of the World....

7 pensamentos

  1. Nossa, que interesaante! Nos dias de hoje eu nem imaginava que essas regras ainda existiam!
    Aqui na Austrália é bem fácil, o único problema é que só aceitam caracteres ingleses, ou seja, nao pode colocar acento, ou letras escandinavas por exemplo. Nomes de outros alfabetos como o cirílico, russo, precisa ser traduzido pro alfabeto latino, porém, sem acentos

    Curtido por 1 pessoa

    1. A Grécia tem muitas tradições ainda em uso, essa é apenas uma delas! Meu sobrenome também foi traduzido pro Grego aqui… obrigada pelo seu comentário! ❤️

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s