O Bebê vai nascer? Chamem a parteira!

Relato de como funciona o pré-natal na Inglaterra

Este é um relato de minha experiência no Sistema Público de Saúde da Inglaterra. Todo o processo é gratuito para os Britânicos, para os que conseguiram a permanência como o visto de residente, o visto de trabalho, etc., mas o turista precisa pagar pelo atendimento e parto, e quem é europeu também precisa provar residência e diversas coisas para não ser considerado turista.

Quando eu engravidei e comecei meu pré-natal aqui na Inglaterra, a princípio foi difícil aceitar que não seria acompanhada por um médico obstetra e sim por uma enfermeira obstetra que chamamos de Midwife, as parteiras.

A enfermeira tem o mesmo status que o médico, elas tem um valor muito especial na Inglaterra e são muito capacitadas, muitas tem uma formação semelhante a do médico, com a diferença de que elas não fazem procedimentos cirúrgicos.

Apenas as gestações com complicações diagnosticadas,  recebe acompanhamento de médicos especializados, juntamente com a midwife.

A partir do momento que você começa o pré-natal, você ganha um Maternity Notes – um arquivo de todos as anotações, exames, ultrassons, que levará para todos os lugares, você pode ser acompanhada pela midwife no posto de Saúde, por médicos e outras midwives no hospital de sua referência.

Uma coisa que achei interessante é que aqui não se faz ultrassons como no Brasil, apenas 3 (três) ultrassons em toda a gravidez, e quem quiser ver mais tem que pagar particular.

21 week

Esse foi o terceiro ultrassom que eu fiz e consegui guardar a cópia, muitas mães esquecem de ficar com o ultrassom e depois o Maternity Notes fica no hospital e as mães vão pra casa com o “Red Book” para o bebê, um livro com dados sobre o nascimento e tudo que a criança vai usar para vacinas, para avaliação de crescimento, etc… essa será a Bíblia do Bebê!!!

Red-book-704x454

A maioria das mães só ficam sabendo o sexo do bebe depois dos 6 meses, muitas vezes as enfermeiras e médicos preferem não revelar o sexo.

Como aqui o aborto é legal e é considerado um direito de escolha da mãe e pode ser feito até as 24 semanas, a equipe médica evita revelar o sexo principalmente para as culturas onde o sexo masculino é mais valorizado, para não ter a necessidade de um aborto ser feito por causa de gênero.

Outra questão  é o exame de urina. Todas as vezes que tiver consulta beba muita água!   É rotina essa avaliação para verificar se tem muita proteína na urina ou alguma infecção, também é rotina medir  a barriga, escutar o coração do bebê, medir  a pressão arterial e o relato da gestante sobre como está sendo a gestação nos aspectos físicos e emocionais. Faz-se uma média de 3 exames de sangue se necessário, mas caso a gestante desenvolva diabetes gestacional ou hipertensão arterial, poderá ter exames e consultas todas as semanas.

Um aspecto que me chamou a atenção, na minha primeira consulta  a enfermeira pediu que meu esposo ficasse do lado de fora; e fez uma entrevista toda baseada em violência doméstica, depois fiquei sabendo que existe um grande índice no Reino Unido e isso é muito avaliado.

Outra questão que não estamos muito acostumadas e achei um ponto negativo do sistema, é que não será a mesma midwife que acompanhou você durante toda a gestação a fazer o seu parto, você terá uma midwife no posto de saúde e uma no hospital, bem com terá consultas com médico eventualmente, mas também não terá nenhuma garantia que será aquele médico a fazer algum procedimento ou uma cesariana se houver uma emergência. Isso depende do horário que sua midwife estiver de plantão no hospital, ou seja, se acabou o horário dela e você começou seu trabalho de parto, outra enfermeira assumirá seu caso, olhando tudo que foi escrito no seu arquivo de gestação, orientações dadas por todos os profissionais estarão lá escrito, será sua bíblia!

Então,  você não tem como chamar o seu médico ou sua midwife para acompanhar o seu parto, no sistema público de saúde (NHS – National Health Service) na Inglaterra.

Como assim quem vai fazer a cesárea em caso de emergência?  Você deve estar se perguntando! A resposta é o médico obstetra de plantão no momento!

As cesáreas são feitas apenas em casos de emergências, normalmente as mulheres chegam as 40 semanas ou até 42 semanas (prazo máximo para iniciar as intervenções) para entrar em trabalho de parto, caso chegue em 42 semanas e a mulher não apresente contração ou dilatação procura-se fazer indução do parto, como estourando a bolsa, injeção de ocitocina e outros procedimentos, se caso mesmo assim após 24 ou até 36 horas de trabalho de parto não haja sinais de dilatação ou se começar a haver sinais de sofrimento fetal, então faz-se a cesárea de emergência.

O protocolo é tentar e buscar fazer o parto normal, sem intervenções quando possível.

As midwives são como as parteiras e acompanham o processo de parto, ouvem os batimentos cardíacos do bebê, checam a pressão arterial, verificam a dilatação, verificam se o bebe está encaixado, fazem orientações e mais importante procuram fazer com que a mãe se sinta empoderada para fazer o parto normal, mas neste processo é a mulher a protagonista da cena, e não a enfermeira ou o médico.

É importante que as mães façam seu plano de parto e anexem juntamente com esse arquivo, nesse processo você pode solicitar, esperar para cortar o cordão umbilical, ou pedir que guarde o cordão umbilical, também pode colocar que não aceita a episotomia (corte na vagina para “evitar de rasgar” quando o bebê nascer, mas que na maioria dos casos não é necessário), entre outras coisas, no meu plano de parto eu solicitei que meu bebê estivesse comigo logo após o parto e viesse ao peito, isso foi feito.

Free-Visual-Birth-Plan-Template-by-Mama-Natural

Não se dá banho do bebê nos hospitais daqui, as enfermeiras orientam a passar apenas um pano úmido mas deixar por um ou dois dias para que pele se fortaleça. Quem dá o primeiro banho do bebê é a mamãe em sua casa com sua família.

O prazo para ficar no hospital depois do trabalho de parto é de 6 horas, foi o que aconteceu coma Duquesa Kate esposa do  Príncipe William, depois de 6 horas de parto recebeu alta e saiu caminhado até o estacionamento. Já no caso de cesárea, pode –se ficar até 2 dias, se tiver alguma outra complicação aí ficará mais tempo.

A estrutura está sendo melhorada em alguns lugares existem os Birth Center – casas de parto, onde pode-se ter piscina, bola de pilates para fazer exercícios, comida, familiares que possam ficar perto neste período.

Este slideshow necessita de JavaScript.


Infelizmente no meu caso, não pude utilizar o centro de parto e acabou em uma cesareana de emergência, que para mim não foi nada legal… No entanto,  a equipe agiu muito rápido e meu filho nasceu bem, saudável, mas a cesárea de emergência gera muito mais complicações pois o bebê já está encaixado para sair de forma normal… fica mais dolorida a recuperação.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Os relatos de parto sobre indução também não são animadores. Porém as mães que conseguiram o parto normal sem intervenção, contaram que apesar de difícil sentiram-se empoderadas e realizadas, então vale muito a pena tentar!

E aí você achou muito diferente do que o Brasil? dê sua opinião e sugestão.

 

Anúncios

Autor: Denize Cenci

Gaucha de nascimento, Catarinense de coração, blogueira por acidente! Sou casada e mãe de menino, onde descobri a dor e alegria de ser mãe. Sou Psicóloga - Especislista em Terapia Sistêmica de Família e de casais, também faço atendimentos individuais e tenho vasta experiencia Saúde Mental e Saude Pública, pós-graduada em Saúde publica com foco em saúde da familia. Mudei-me para Londres - Inglaterra em 2014, e desde então venho experienciando o que é ser imigrante e expatriada.

5 pensamentos

  1. Oi Denise, legal seu texto. Acho interessante conhecer as diferenças entre países. Eu tive parto normal, mas precisou ser induzido. Tive o acompanhamento da minha médica ginecologista e obstetra que me acompanha desde os 19 anos quando descobri ter endometriose. Também tive acompanhamento de uma doula, mas apenas no dia do parto. Tudo no particular é claro. O sistema público nem oferece isso. Mas não me arrependo.

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s